Sejam Bem Vindos ao Previdência! O Blog do Jesus          Fale conosco através do e-mail: jesusprevidencia@hotmail.com         Follow me no Twitter do Jesus - @JesusDivino       http://twitter.com/JesusDivino  


Com aposentadorias de apenas 1 real, previdência privada do Chile espera que cliente viva até 120 anos

Privatizada em 1981, durante a ditadura Pinochet, o sistema Chileno produz distorções: em média, clientes recebem apenas 30% do valor do salário

Com o passar dos anos, a rotina de Sergio Cancino pouco tem mudado. Aos 72 anos, ele ainda precisa acordar cedo quatro dias por semana, pegar metrô e ir até um supermercado no centro de Santiago, onde trabalha como caixa. No dia livre, quase sempre vai visitar seu advogado. Desde o ano passado, ele move uma ação tentando recuperar o dinheiro investido numa das empresas administradoras de fundo de pensão. Leia mais

Meus comentários:

É isso mesmo que você quer para você?

Você acredita mesmo que a previdência privada vai resolver o seu problema de aposentadoria?

Você não está muito preocupado, pois já se aposentou?

Então você acredita mesmo que os aposentados estão garantidos?

Você já ouviu falar de expurgos inflacionários (achatamento) na aposentadoria?

E você não está interessado na situação dos seus filhos e netos?

Como é que você vai fazer quando os seus filhos não tiver emprego e nem aposentadoria? Vai ignorá-los?

Eu teria muito mais perguntas a lhe fazer, mas se você for honesto com você mesmo e responder a estas perguntas para você mesmo (a redundância é proposital), já é um bom começo.

Por hoje, o que tenho a lhe dizer é que se a proposta de demolição da Previdência Pública do governo temer for aprovada, esse é o futuro que aguardam os brasileiros.

Resumo da ópera: nem o Banco Mundial e o FMI não recomendam mais esse tipo de "reforma".

Ou seja, nem aqueles que receitaram essa porcaria aos chilenos tem coragem de prescrever essa droga, pois está provado que ela mata.

E mata da pior forma possível, mata de fome.

Portanto, o exemplo da malfadada experiência chilena está ai.

Só não vê quem se informa apenas pela grande mídia.

Ai você me pergunta:

O que fazer?

A resposta é:

Não aceitar.

Não aceitar como?

Não aceitando.

Como é que se faz isso?

Indo para às ruas prorestar.

E funciona?

Sempre funcionou.

Não dá para fazer nada pela internet?

Sim!

Tem muita coisa que dá para ser feita pela internet.

Olha eu aqui postando esse texto.

Discutir na fila da lotérica ajuda?

Ajuda!

Mas tudo é complemento.

Ainda não se inventou outra maneira de fazer isso.

Nada substitui as manifestações de ruas.

É das ruas que eles escutam o seu grito.



Escrito por Jesus Divino Barbosa de Souza às 09:47
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Reforma da Previdência: Base de Temer pressiona e ele "recua", em parte.

Conforme eu disse em A reforma da Previdência é mais grave do que parece:

¨O movimento sindical está começando entender a profundidade da coisa.

E o que é melhor, começa a acertar o tom.

Começa a entender que não se trata de mais uma reforma, mas sim, de uma demolição
".

Ou seja, o Temer conseguiu algo que é o sonho de todo governo, ele se tornou uma unanimidade. 

A tal "Reforma da Previdência Social" acabou unificando o povo contra ele e o seu governo.

Foi isso que levou Temer a fazer o fracionamento da reforma.

É isso mesmo, fracionar, pois ele não retirou os servidores públicos estaduais e municipais
 da tal "reforma", ele apenas tenta dividir os trabalhadores na tentativa de que isso irá arrefecer os ânimos da classe trabalhadora.

E porque digo isso?


É que ao delegar aos estados e municípios a tarefa de fazer as suas respectivas reformas ele deixa os trabalhadores em situação ainda pior.

Nas mãos dos governos estaduais de alguns estados como Goiás, Paraná, São Paulo e Espirito Santo, onde eles controlam literalmente tudo, imprensa, Legislativo, judiciário, Ministério Público e Tribunais de Contas, os trabalhadores vão amargar medidas ainda piores.

E ainda tem uma outra situação, a maioria dos trabalhadores municipais são segurados do Regime Geral, que é mais conhecido como INSS, que é a sigla da autarquia federal que o administra, pois a maioria dos municípios não regulamentaram os seus Regimes Próprios.

Isso sem contar que mesmo onde o Regime Próprio está regulamentado, uma lei municipal pode voltá-los para o INSS.

Volto a reafirmar, o movimento sindical e popular acertou o tom e não vai engolir esse engodo.

A tendência é intensificar ainda mais as suas ações contra todos os desmontes que estão em tramitação no Congresso Nacional. 

E o grande problema é que o desmonte não é apenas da previdência
,  Tem ainda a dita "reforma trabalhista" que acaba com toda a legislação trabalhista e a terceirização "ampla, geral e irrestrita" termina de fazer a situação dos trabalhadores voltar ao final do século XIX.

Com a prevalência do negociado sobre o legislado, tudo que era conquista, como férias, 13º
, FGTS, INSS, horas extras, jornada de trabalho e tantos outros, terão que ser negociado com o patrão.

E com a terceirização "ampla, geral e irrestrita", caso o seu patrão não consiga fazer a direção do seu sindicato engolir o fim dos seus direitos, em nome da "empregabilidade", ele contrata uma "gata" que já vem com o pessoal "adestradinho" para aceitar qualquer coisa.

A minha avaliação é de que os governistas subestimaram 
a capacidade de reação dos trabalhadores e estão avaliando mal os seus desdobramentos.

Os golpistas tentaram de tudo para colocar uma "cortina de fumaça" sobre o que esta acontecendo no congresso e nada deu certo.

Apostaram nas festas de fim de ano, no carnaval, na propaganda, na "Lista do Janot"
, inauguração da tranposição do Rio São Francisco, na "Carne podre" e até na prisão e intimidação dos blogueiros que eles não conseguem comprar.

E nada deu certo.

Agora já devem estar preocupados com a "malhação do Judas" e o 1º
 de maio.

E para aqueles que acham que eu tenho escrito pouco, a explicação é simples: estou adorando e aplaudindo as ações. 

Nos últimos nove anos este blog funcionou como uma trincheira para o enfrentamento desse tema.

Mas agora é o momento de aproveitar o que foi produzido de teoria e ir para a ação concreta, ou seja, ir para as ruas.

E por sorte, desta vez o movimento sindical e social está praticamente todo no caminho certo, tem produzido
 e reproduzido boas coisas, e as redes sociais estão povoadas de "memes".

Desta vez, até os militontos
 entenderam a gravidade da coisa e principalmente a urgência de irem às ruas.

Tem mais, a minha principal preocupação é a de desmistificar a infinidades de mitos que costuma surgir sobre esse tema.

Outra coisa que eu luto incessantemente é para que as lideranças dos trabalhadores não usem de falácias para se contraporem às propostas dos governo.

Por ocasião da reforma do Lula, se produziu muitas mentiras e porcarias, mas desta vez o governo foi tão cruel na sua proposta que o movimento sindical ainda nem conseguiu se apropriar de toda as maldades.

E é até melhor que seja assim, pois se a classe trabalhadora for bombardeada com toda a munição que as lideranças tem à sua disposição, corremos o risco d
o conjunto dos trabalhadores acharem que as suas lideranças estão exagerando como fizeram na reforma do Lula.


O conjunto de maldades é tão grande que até mesmo as lideranças vão levar um bom tempo para entender toda a sua extensão, sua gravidade, e, principalmente, a quantidade de maldades e perversidades que estão nessas 
propostas em tramitação no Congresso Nacional.

Portanto, não vou "aproveitar a onda". Quem me conhece sabe que não tenho esse perfil.

Depois que a poeira baixar, a minha esperança é que o movimento sindical deixe de ser apenas reativo nesse tema e passem a dar a atenção que ele exige, pois ele está no centro da luta de classes.



Escrito por Jesus Divino Barbosa de Souza às 10:21
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]

Contribuir com o blog?
Clique Aqui!

 

Quer baixar a Tabela de Cálculos do Fator Previdenciário 2016? Clique Aqui!


 

 

Jesus Divino

Pais: BRASIL

Estado: Goiás

Cidade: Goiânia

Sexo: Masculino

Idade: 52 anos

Idiomas: Português e Espanhol

Este é um blog de Previdência dedicado aos trabalhadores e trabalhadoras, especialmente, os empregados da CELG (Cia. Energética de Goiás) e os servidores públicos do Estado de Goiás, tem a finalidade de alertá-los de que a previdência não se resume apenas aos seus números, que vai muito além desse falso debate da existência, ou não, de déficit, que para se evitar os prejuízos ela precisa ser discutida resgatando o seu caráter de classe, ou seja, do ponto de vista das necessidades dos trabalhadores(as), enfocando a importância de se fazer um bom "Planejamento Previdenciário", baseado em premissas sólidas, sem os mitos que acompanham este tema, pois mais importante do que descobrir "Quando é que eu Posso me Aposentar", é preciso saber, principalmente, "Qual é o Melhor Momento de se Aposentar?"

 

Histórico
Outros sites
  Twitter
  Página no Facebook
  Tabela do Fator - 2010
  ABIPEM
  ANAPAR
  ANEPREM
  Blog da Cidadania
  Blog do Artur Henrique CUT
  Blog do Castagna Maia (In memóriam)
  Blog do Jorge Félix
  Conexão Sindical
  ConsultâniaPrev
  ELETRA
  ELETRA (Simulador de benefício)
  GoiasPrev (Planejador Previdenciário)
  INSS
  INSS: Contagem Tempo Contribuição
  INSS: Formulário de recurso JRPS
  INSS: Guia da Previdência Social (GPS Eletrônica)
  INSS: Simular Valor Benefício
  Investimento (Simulador)
  Livros (Coleção Previdência Social)
  Previdência privada (Simulador)
  PREVSAN
  Publicações de previdencia
  Simulador de aposentadoria do servidor público
  STIUEG
  ZÉducando
Votação
  Dê uma nota para meu blog


TART -->